Islas Ballestras – Peru

Olá aventureiros!

Esses dias estava conversando com um amigo que veio inusitado contar-me sobre um programa que ele havia assistido. Era sobre a colheita do Guano no litoral do Pacífico.

IMG_766308 SAM_0754

Aos que não sabem o Guano é o dejeto de aves que se acumulam na região pela falta de chuva e desertificação. Bom esse guano há anos é comercializado pois funciona como um excelente fertilizante, e graças a sua comercialização o Peru conseguiu pagar sua dívida externa. Antigamente essa extração era realizada em peso nas ilhas Ballestas, e exatamente por ser um grande habitat de colônias e enorme fauna, já que o animal costuma retornar ao seu ninho parar ocular seus futuros filhos, tal extração foi regulada pois estava extinguindo os animais. Atualmente as ilhas funcionam como um santuário marinho, protegido, e na minha opinião de visitação obrigatória pelo Peru.

08 SAM_071308 SAM_0746

Existem vários operadores locais, pesquise no TripAdvisor, estes lhe portam para os passeios chamados: Ilhas Balestras e a Reserva Nacional de Paracas. Um passeio você faz pela manhã e o outro pela tarde. É uma região bem desértica por isso aconselho fazer um bate e volta de Lima. Existem ônibus leitos superconfortáveis que fazem esse trecho. Eu tomei o ônibus chamado Cruz del Sur, saímos as 3h45 de Lima e chegamos as 07h45 em Paracas. Para a volta o mesmo, saímos as 18h e chegamos as 22h30. Os guias locais lhe buscam na rodoviária, e não se preocupem, da sim um medo ao chegar, a rodoviária parece uma cabana de palha no meio do nada. Bom você estará no meio do deserto.

No passeio das Ilhas Ballestas você vê o candelabro, com 170 metros de comprimento e 60 centímetros de profundidade no solo, é uma marca no solo parecido com as linhas de Nazca, segundo os guias locais serviam para orientar na navegação, uma vez que outras marcas parecidas foram reconhecidas já na região. Mantem-se ainda intacta graças a falta de chuva e desertificação.

08 SAM_0705

Mais um pouco de navegação se chega às ilhas. Área de proteção ambiental abriga 200 espécies de aves, essas as produtoras do Guano. Além de pinguins, lobos marinhos e muitos outros animais. Tive a sorte de ir na época do nascimento de novas espécies de lobos marinhos.

08 SAM_0714

As pontes de ligação entre as ilhas são os resquícios da época da extração.

08 SAM_0751

Ao retornar, você chega ao porto de Chako. La encontrei um pescador que parecia ter um Pelicano de Estimação, encantei-me.

08 SAM_0811 20140102_152414-1-1

20140102_152417-220140102_152326-2

Dali partimos para o segundo passeio, dentro do Parque que na realidade é a continuação do deserto de Atacama dentro do território Peruano.

08 SAM_0776

Paracas significa na língua indígena Chuva de Areia, em razão do vento agitar a areia. Há a presença de flamingos em época de migração e praias que contrastam a areia colorada com o azul do mar.

ad753f04_original photo-3

Proteja-se, pois o sol é bem quente e forte. Leve uma roupa de banho você terá a oportunidade de se banhar nas praias. Também haverá a oportunidade de almoçar por lá também, dentro do parque existem restaurantes de pescadores de 40 anos de tradição, uma vez que os mesmos se instalaram antes da reserva ser protegida. Aproveite e coma o famoso ceviche, os peixes são frescos e da própria baía.

08 SAM_0794

Se você quiser permanecer por lá, também existem hotéis, um pouco salgado. Próximo aos hotéis você verá a pratica de windsurfe. Portanto, há programa para tudo quanto é tipo de gosto.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Islas Ballestras – Peru

    • Oi, então a região faz parte do deserto do Atacama peruano, portanto não chove nunca lá. Eu fui em janeiro – inverno – e mesmo assim fazia bastante calor. Tudo depende da combinação que você quiser fazer, eu juntei com Machu picchu e dei sorte de não ter pego chuvas por lá, pois a época recomendada seria meio do ano – verão. Mesmo assim em dez/jan peguei tempo bom em lima e lá.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s