Estou inscrita na meia volta da Tor des Gèants (Tot Dret), e agora?

O que é o Tot Dret

Trilha “curta”

O Tot Dret é uma corrida “curta”, uma corrida ideal, de acordo com especialistas, como uma abordagem aos desafios de maior empenho no Monte Rosa, Cervino e Monte Bianco. Para inventar o “todo direto” (tradução de Tot Dret) fez-se os mesmos caminhos, mesmo período do Tor des Géants, mas com rota e tempo reduzido.

Caminho comum

O Tot Dret vai ao longo de uma linha reta imaginária que leva de Monte Rosa ao Bianco. Os atletas das duas corridas compartilharão os caminhos até a linha de chegada. Os participantes do Tor des Gèants (330 km e d+24 mil metros) têm um limite de 150 horas para cruzar a linha de chegada; as de Tot, em vez disso terão no máximo 40 horas para realizar 130km e d+12 mil metros.

Em meio a palavras do primeiro vencedor do Tot Dret – Cerare Clap, realizado no ano de 2017, com 130 km e 12 mil metros de desnível positivo acumulado: “É mais difícil que a Tor de Géants”. Talvez essa declaração tenha sido dada aos cortes duros que a primeira edição propôs, bem como a nevasca que os corredores enfrentaram, aumentando em 7h o prognóstico do tempo do ganhador. “É uma corrida real, onde você tem que correr o máximo que puder. Comparada com a irmã maior, em termos de nível da fadiga, não há tanto problema, mas no nível muscular é muito mais exigente do que o Tor. Pois, em declive, você deve se jogar para baixo, para permanecer nos tempos, deverá ser um verdadeiro corredor”.

Tot Dret foi definida como uma corrida muito difícil, muito exigente. “Não é um apenas um meio Tor e sim uma verdadeira corrida, onde você tem que ser rápido. E todas as retiradas de 2017? Talvez não estivesse claro qual tipo de corrida fosse”. Dos 298 corredores, apenas 78 concluíram, apesar da extensão em uma hora e meia a mais. A organizadora Alessandra Nicoletti declarou: “Os tempos de cortes já eram conhecidos há algum tempo. A corrida foi mal interpretada”.

No ano de 2018 serão mantidas as 40h estendidas para o tempo final de conclusão, porque Tot Dret não precisa se transformar em uma excursão desafiadora, mas continua sendo uma corrida competitiva nas montanhas altas para atletas.

Agora é treinar muito.

 

Fonte: http://www.lastampa.it/2017/09/16/edizioni/aosta/tot-dret-ritiri-e-polemiche-pi-duro-del-tor-des-gants-5Aj5HlxEiPNWABr1RvJE7O/pagina.html

http://www.corriere.it/sport/running-nuoto-bici/notizie/tot-dret-l-ultra-trail-che-sfida-fratello-maggiore-tor-geants-0d501b6a-96d4-11e7-8f2d-841610cb6f6e.shtml?refresh_ce-cp

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s